Gasolina já pode ser encontrada abaixo de R$ 4,10 na EPTG

Correio Braziliense

12/06/2019 – Os postos do DF promoveram nova queda no preço da gasolina. Em uma semana, em 23 postos dos 27 pesquisados pelo Correio no Plano Piloto e na Estrada Parque Taguatinga (EPTG), o valor do litro baixou. Nesta terça-feira (11/6), era possível encontrar abaixo de R$ 4,099, na EPTG e a R$ 4,109, na Asa Norte. E, se os distribuidores acompanharem os preços das refinarias, a tendência é de nova queda. A Petrobras anunciou redução de 3% no valor da gasolina nas refinarias. O preço médio passou de R$ 1,8144 para R$ 1,7594 nesta terça-feira (11/6).

A empresária Luciana Elias, 42 anos, é profissional liberal e sente o impacto da gasolina no orçamento. Ela afirma que sentiu o preço reduzir, mas que o combustível ainda está muito caro. “Antigamente, com R$ 50 de gasolina eu passava a semana. Hoje, são R$ 50 a cada dois dias. Eu trabalho com vendas e estou organizando as clientes para não ter que ficar dando voltas e economizar na gasolina”. O professor Leonardo Siqueira, 34, não sentiu tanta diferença, apesar da redução. “Eu preciso abastecer a cada três, quatro dias. Nem sinto as reduções, porque o preço reduz uma vez e aumenta três”.

De acordo com o diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (Cbie) Adriano Pires, o preço da gasolina caiu porque houve uma queda no câmbio e no preço do barril no mercado internacional. Segundo ele, é necessário que o consumidor mude a forma de comprar gasolina: “O brasileiro está habituado a abastecer no primeiro posto que vê. Mas o consumidor precisa criar o hábito de correr atrás do posto que vende mais barato.”