Mudança em tributo pode ser saída para conter alta

Valor Econômico

18/04/2019 – O governo avalia mudanças tributárias sobre o diesel para conter o aumento do preço nos postos de combustível. A medida é estudada pelo Ministério da Economia em meio à escalada da cotação do petróleo nos últimos meses e à pressão exercida por caminhoneiros.
A proposta foi confirmada nesta semana pelo próprio ministro da Economia, Paulo Guedes. “Se for numa direção em que começa a subir [o preço do petróleo], poderíamos fazer uma coisa compensatória? Sim, poderíamos reduzir impostos”, disse o titular da pasta. Para ler esta notícia, clique aqui.
Uma das alternativas cogitadas pelo ministro é baixar o PIS/Cofins aplicado ao combustível. “Se começou a subir, e continuar subindo, pega o PIS/Cofins e baixa. Ele já baixou no ano passado de 0,45% para 0,36%. Pode baixar [agora] de 0,36% para 0,20%, de 0,20% para 0,10%”, disse ele. Para ler esta notícia, clique aqui.