Num ano, gasolina sobe 46% na refinaria e 18% na bomba, mas posto não perde

UOL

14/09/2018 – Após um ano de reajustes praticamente diários, a gasolina vendida pela Petrobras em suas refinarias ficou cerca de 46% mais cara: em agosto do ano passado, o valor médio do litro era R$ 1,360. Em agosto deste ano, a média chegou a R$ 1,987. Nos postos, o aumento foi bem menor: 18%. Será que os postos foram camaradas com os clientes e perderam dinheiro?
Definitivamente, não. Para começar, ambos os reajustes foram bem superiores à inflação no periodo, de R$ 4,19% pelo IPCA. Na bomba, a gasolina aumentou de R$ 3,768 em média em agosto de 2017 para R$ 4,445 em agosto deste ano, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis). É um valor médio, considerando todo o país, mas varia muito de estado para estado. Para ler esta notícia, clique aqui.