Procurador reafirma inviabilidade de plano de recuperação da Manguinhos

Estadão (Coluna do Broadcast)

11/10/2017 – O plano de recuperação judicial da refinaria Manguinhos está na berlinda. O procurador-geral de São Paulo, juntamente com outros seis procuradores, assinou carta em que reitera a “completa inviabilidade” do plano apresentado pela empresa.

Está perto. No documento, destacam que a necessidade de decretação de falência parece próxima. Na mesma carta, os procuradores relembram parte dos graves problemas da refinaria, como inadimplência, concorrência desleal e apropriação indébita de tributos. As dívidas da Manguinhos com o Estado já chegam a R$ 1,77 bilhão. Procurada, a Manguinhos não respondeu.