Sindipetro/SC faz alerta sobre peso dos impostos no preço dos combustíveis

NSC Total

14/03/2019 – Na semana em que se comemora o Dia do Consumidor, dia 15, o Sindipetrro/SC lança a campanha publicitária: “O problema não é o posto, é o Imposto”. O objetivo é dizer para os clientes que o dono do posto, diferentemente do que muitas pessoas pensam, não é o vilão do preço pago nas bombas.

O presidente da entidade, Luiz Antonio Amin, afirma que 43% do preço da gasolina comum é composto por impostos federal (PIS/Confins e Cide) e estadual (ICMS), pouco mais de 41% se dividem entre a refinaria e o valor do etanol adicionado ao combustível. Sobram 15% para os postos e distribuidoras. No caso do óleo diesel o percentual é de 16%. É dessa porcentagem que saem o aluguel, salário dos funcionários, encargos sociais, água, energia, segurança.