Canal da Revenda

Após muita discussão a respeito da legalidade da Medida Provisória 415, o tema finalmente foi votado pela Câmara, em 23 de abril. Polêmica, a medida despertou discussões até mesmo entre os deputados da base do governo, e a votação relativa à admissibilidade do novo texto foi bastante apertada, por 222 votos a 205. Como resultado, o texto final da Medida Provisória 415 aumenta o rigor em relação às punições sofridas pelos motoristas que dirigem embriagados – não será mais tolerado nenhum teor alcoólico no sangue -, e permite a venda de bebidas alcoólicas em estabelecimentos localizados nos trechos urbanos das rodovias federais.