Canal da Revenda

Caro
revendedor, divulgamos abaixo dois comunicados da Petrobras (na íntegra),
referentes ao reajuste de preços dos combustíveis e à política de preços da
estatal.

A Petrobras informa sobre a implementação de sua política de preços de
diesel e gasolina, após apreciação pelo Conselho de Administração, a ser
aplicada a partir de 29 de novembro de 2013.

A referida política de preços visa atender aos seguintes princípios e
objetivos:

a) Assegurar que os indicadores de endividamento e alavancagem retornem aos
limites estabelecidos no Plano de Negócios e Gestão 2013-2017 em até 24 meses,
considerando o crescimento da produção de petróleo e a aplicação desta política
de preços de diesel e gasolina;

b) Alcançar, em prazo compatível, a convergência dos preços no Brasil com as
referências internacionais;

c) Não repassar a volatilidade dos preços internacionais ao consumidor
doméstico.

Já atendendo aos princípios desta política de preços, a Petrobras informa os
seguintes reajustes nos preços de venda nas refinarias, a vigorar a partir da
0:00h do dia 30 de novembro de 2013:

Produto          Reajuste
(*)

Gasolina A        4%

Diesel              8%

(*) média Brasil

Os preços da gasolina e do diesel, sobre os quais incide o reajuste anunciado,
não incluem os tributos federais CIDE e PIS/Cofins e o tributo estadual ICMS.

Seguindo recomendação de seu Conselho de Administração, por razões comerciais,
os parâmetros da metodologia de precificação serão estritamente internos à
Companhia.

Caberá ao Conselho de Administração avaliar a eficácia da política de preços da
Petrobras por meio da evolução dos indicadores de endividamento e alavancagem
da Companhia.

 

Consulte: http://www.agenciapetrobras.com.br/materia.asp?id_editoria=13&id_noticia=975768

Nota
da Petrobras enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), em 04/12:

 

A Petrobras
em atendimento ao Ofício/CVM/SEP/GEA-1/N.709/2013, que solicita esclarecimentos
sobre os parâmetros da política de preços, divulgada em 29 de novembro de 2013,
em relação àqueles divulgados em 30 de outubro, afirma:

A
metodologia de precificação do diesel e da gasolina aplicada a partir de 29 de novembro
de 2013 contem parâmetros baseados em variáveis como preço de referência dos
derivados no mercado internacional, taxa de câmbio e ponderação associada a
origem do derivado vendido, se refinado no Brasil ou importado.

Quanto
a aplicação dos reajustes, estes não serão automáticos, como consequência direta
da formula de precificação. A metodologia estabelece bandas de reajuste, conferindo
a Diretoria Executiva poder discricionário a luz da dinâmica dos mercados
domestico e internacional.

Em
relação a especulações sobre a saída da Presidente Maria das Graças Silva Foster,
a Petrobras refuta qualquer afirmação desta natureza.

Confira: http://www.bmfbovespa.com.br/Agencia-Noticias/ListarNoticias.aspx?idioma=pt-br&idNoticia=18201312040016&header=201312040908PETROBRAS+(PETR)+-+Esclarecimento+sobre+Noticias%3a+Politica+de+Precos18201312040016&tk=854f36fc3425294965e089ecd1817201&WT.ac=PETROBRAS+(PETR)+-+Esclarecimento+sobre+Noticias%3a+Politica+de+Precos