Notícias

Contribuição patronal ao INSS pode cair para 15%, diz Afif

A desoneração da folha salarial em formulação pelo governo poderá prever uma redução da alíquota de contribuição patronal ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) dos atuais 20% para 15%, disse ao Valor o assessor especial do Ministério da Economia Guilherme Afif Domingos. Esse corte seria aplicado nos montantes acima de um salário mínimo. Abaixo disso, a empresa seria isenta da contribuição.

Para continuar a leitura, clique aqui.

Autor/Veículo: Valor Econômico
Compartilhe: