Notícias

Gasolina e etanol sobem nos postos do Brasil na 2ª semana de fevereiro

Os preços médios de gasolina e etanol avançaram nos postos no Brasil na segunda semana de fevereiro ante a anterior, ainda como reflexo da alta de impostos estaduais no início do mês para o combustível fóssil, enquanto o diesel apresentou recuo, apontou nesta sexta-feira (16) pesquisa da ValeCard, empresa especializada em soluções de mobilidade.

O valor médio da gasolina nos postos subiu 0,26% entre os dias 9 e 15 de fevereiro, ante a semana anterior (2 e 8 de fevereiro), a 5,954 reais por litro. Já o etanol hidratado, seu concorrente direto nas bombas, subiu 0,51%, a 3,678 reais por litro.

Atualmente, segundo a ValeCard, o etanol está mais competitivo que a gasolina em 21 unidades federativas: Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

Brendon Rodrigues, Head de Inovação e Portfólio da ValeCard, afirmou em nota que o resultado dos preços dos combustíveis na última semana ainda é reflexo do ajuste no valor do ICMS, imposto estadual que incide sobre gasolina e diesel.

Entretanto, pontuou que o cenário tende a oscilar de acordo com a dinâmica natural do setor, como a cotação do petróleo no mercado internacional.

“Alguns fatores podem influenciar os preços dos combustíveis nos próximos dias, como a demanda interna, o comportamento do mercado internacional e as políticas públicas relacionadas ao setor. No entanto, a expectativa é de que os preços se mantenham relativamente estáveis”, explica.

O preço médio do diesel S-10, o mais consumido no Brasil, registrou um recuo de 0,25% no mesmo período, a 6,206 reais por litro.

Diesel sobe na primeira quinzena de fevereiro

O preço médio do diesel S-10, o mais comercializado do Brasil, subiu 0,66% na primeira quinzena do mês, a 6,14 reais por litro, segundo análise do Índice de Preços Edenred Ticket Log (IPTL), que consolida o comportamento de preços das transações nos postos de combustível.

Já o litro do diesel comum subiu 0,50% ante o fechamento de janeiro, a 6 reais, segundo o levantamento, com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Edenred Ticket Log.

“As altas no preço do diesel seguem a tendência do início da vigência das novas alíquotas do ICMS em fevereiro, que encareceu o combustível repassado ao caminhoneiro, fazendo a média nacional cravar acima de 6 reais”, disse em nota Douglas Pina, diretor-geral de Mobilidade da Edenred Brasil.

A região Nordeste liderou o ranking do maior aumento no preço dos dois tipos, com o comum ficando 1,66% mais caro e o S-10 com incremento de 1,31%.

(Reuters)

Autor/Veículo: Notícias Agrícolas
Compartilhe: